O MELHOR PÃO DA CIDADE

PRAÇA DES. CELSO SALES, N° 12 - CENTRO - SÃO JOSÉ DE MIPIBU-RN

SUPERMERCADO DO TELMO

O SUPERMERCADO DAS GRANDES PROMOÇÕES

CONHECER EDUCACIONAL

A ESCOLA DAS FAMÍLIAS MIPIBUENSES.

AQUI, SUA MARCA É LEMBRADA

ENTREM EM CONTATO ATRAVÉS DO EMAIL: deolhoemmipibu@gmail.com

sábado, 28 de fevereiro de 2015

MÃE DE UM VEREADOR DA REGIÃO NORDESTE É PROPRIETÁRIA DE DOIS BOX NO "SULANCÃO" DE SÃO JOSÉ DE MIPIBU

Ainda estou muito indignado e revoltado com uma história da qual tomei conhecimento hoje pela manhã. Visitando o centro comercial, mais conhecido por SULANCÃO, localizado à Pça Des. Celso Sales - Centro - fui informado de que dois dos box, que deveriam ter sido doados a uma pessoa simples, um(a) desempregado(a) do nosso município, são de propriedade da mãe de um vereador da Região Nordeste do Brasil.

O que revolta é saber, segundo informações, que essa mãe goza de prestígio social e financeiro satisfatórios e não precisava desses pontos. Enquanto isso, muitos pais de família rogando por um emprego e um salário digno ao final de cada mês.

É por isso que o Brasil está afundado, cheio de aproveitadores e pessoas que visam, somente, ao bolso e ao seu nariz. 

Para mim, uma eterna canalhice e sacanagem das grandes!!! Não ficarei quieto diante desse absurdo!!!

Matéria e foto: Alexandre Freire

APÓS REFORMA DA PÇA DES. CELSO SALES, PARA ONDE IRÃO OS COMERCIANTES DO CENTRO DE EVENTOS?

Na manhã de hoje(28), visitei amigos comerciantes do Centro de Eventos, chamado pelos críticos de "O SULANCÃO", localizado à Pça Des. Celso Sales e "construído" na gestão da ex-prefeita do nosso município, Norma Ferreira.
Sem dúvida nenhuma uma das obras mais feias já vistas em nosso município. Além de ferir uma Lei Municipal (Plano Diretor), compromete a beleza da arquitetura colonial dos nossos nobres casarões.
O que me entristece é saber que o projeto foi votado pela câmara municipal. Entretanto, dificilmente vemos um vereador fiscalizando e/ou acompanhando obras no município.
Apesar das irregularidades, lá, 32 comerciantes sustentam suas famílias, lutam, diariamente, pelo pão de cada dia. A maioria das lojinhas comercializam roupas, calçados, utensílios para casa etc
O espaço conta com um administrador, que arrecada uma taxa de cada proprietário para a manutenção do espaço e pagamento de vigias.

Ao chegar, conversei com os meus amigos, Rosa e Paulo Sanfoneiro, proprietários de uma cantina, lugar onde serve café da manhã, lanche, almoço e jantar
No detalhe, o feijão para ser escolhido, para o preparo do almoço do dia. Frequentador assíduo e cliente de Rosa, Seu Domingos estava tomando o seu cafezinho sagrado de todos os dias.

Conversando com cada comerciante, muitos me fizeram um questionamento sobre a reforma da praça e para onde todos esses pais de família irão. D. Fátima, moradora de Manimbu, concluiu: "Seu Arlindo gosta do povão e tenho certeza de que ele não mexerá com nenhum desses comerciantes, porque são trabalhadores honestos e pessoas de bem, que vivem lutando para sustentarem suas famílias".
O nosso blog terá uma conversa com o prefeito Arlindo Dantas e com o secretário de obras, José Eduardo, para saber, realmente, o destino desses bravos batalhadores pela vida. Desde já, estarei ao lado dessas famílias, e certos de que a atual gestão terá um olhar sensível a essa causa.

Matéria e fotos: Alexandre Freire

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

"HOJE, EXISTE UMA INTELIGÊNCIA EM SÃO JOSÉ DE MIPIBU" - DISSE ARLINDO DANTAS

No dia de hoje, durante leitura anual, na câmara municipal, por parte do prefeito Arlindo Dantas, por ocasião do início dos trabalhos legislativos de 2015, o chefe do Executivo, em sua fala e em relação à segurança do município, disse: "Hoje, existe uma inteligência em São José de Mipibu". Uma referência positiva ao trabalho do Comandante de Policiamento da cidade, o Tenente Isaac Leão.

"Entendemos que nenhuma cidade do país pode se livrar de alguns assaltos, assassinatos ou outras ações de bandidos, porém, indiscutivelmente, o tenente Isaac tem usado sua extrema inteligência para investigar, abordar, prender e evitar investidas e ações marginais em nosso município" - finalizou Arlindo.

Matéria e foto: Alexandre Freire

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

CONSELHO TUTELAR REAGE ÀS CRÍTICAS COERENTES DESTE BLOG

 
Na última segunda-feira(23), o Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (COMAD) realizou mais uma reunião ordinária na Câmara Municipal. Um dos principais temas foi o consumo de álcool por parte de crianças e adolescentes nas ruas, praças ou, até mesmo, infiltrados em blocos carnavalescos durante a festa de Momo. Uma crítica mais do que justa e coerente, afinal de contas, é cena comum e banal nessas e outras festas populares no município. Quem nunca viu menores embriagados e enchendo a cara?!

Após questionamento deste blogueiro... "Onde se meteram os conselheiros da nossa cidade? Só estão brincando o carnaval???"... a conselheira Naide reagiu e disse: "No próprio domingo de carnaval, estávamos em diligências, passamos a tarde em uma residência onde havia o crime de abandono." 

Naide sabe o quanto a admiro, pois conheço o trabalho dela e dos outros membros conselheiros, porém, amiga, esteja certa de que esse olhar para a referida temática não existiu, visto que presenciei, nos quatro cantos da cidade, essa e outras cenas mais lamentáveis, envolvendo menores em completa embriaguez. A pergunta insiste... onde estavam os conselheiros tutelares de São José de Mipibu???
No detalhe, uma prova de que eu estive no local da festa, principalmente, acompanhando e observando muitos blocos de carnaval. Se o Conselho estava no exercício da sua função, deixo os parabéns, mas, sem medo de errar, não se planejaram para acompanhar esse absurdo de completo abandono, exploração e violação dos direitos da Criança e do Adolescente. A pergunta persiste... Onde estavam os conselheiros tutelares de São José de Mipibu???

Matéria: Alexandre Freire
fotos: Digital Mipibu/Diário do RN

ONDE FICARÁ A FEIRA LIVRE, APÓS TRABALHO DE CONCLUSÃO DO ASFALTAMENTO?

Ontem, conversei com o Secretário Municipal de Obras do município, José Eduardo Sales. Na ocasião, perguntei onde ficaria a Feira Livre, após trabalho de conclusão do asfaltamento do centro. "Alexandre, será uma decisão da população. Eu, particularmente, sugiro que continue no mesmo local, ou seja, iniciando na lateral da Farmácia Central até à rodoviária. Se retornar para o lugar antigo, devido ao grande fluxo de veículos, causará transtorno,  no sentido de obstruir as principais ruas e avenidas do centro" - Disse José Eduardo.

Matéria: Alexandre Freire

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

MATÉRIA DO BLOG DE OLHO EM MIPIBU SERÁ DISCUTIDA EM REUNIÃO DO COMAD

João Ventura, presidente do Conselho Municipal de Políticas Sobre Drogas (COMAD).

Após este meio de comunicação veicular duas matérias sobre o consumo exacerbado de álcool por parte de crianças e adolescentes, nos festejos de carnaval de São José de Mipibu, o Conselho Municipal de Políticas Sobre Drogas (COMAD), na pessoa do presidente João Ventura, abordará este tema como ponto principal de pauta, em reunião que acontecerá na próxima segunda-feira, 23 de fevereiro.

"Alexandre, meus parabéns pelos excelentes textos. Sua ideia foi pertinente e requer uma reflexão minuciosa, planejamento e atitude urgente por parte dos órgãos responsáveis em fiscalizar e agir nos casos em que crianças e adolescentes estão vulneráveis às mazelas e desajustes sociais" - disse Ventura.

Como formador de opinião e cidadão mipibuense, deixo bem claro que a temática não objetiva denegrir a imagem de ninguém, mas, extrapolando o verdadeiro sentido do carnaval de rua, como sinônimo de alegria e descontração, veicular uma mensagem conscientizadora aos pais e familiares, bem como chamar a atenção de autoridades locais para este grave e lamentável episódio.

Matéria e foto: Alexandre Freire

ROBERTO CABRINI: PARA MIM, O MELHOR JORNALISTA DO BRASIL!!!



Francisco Roberto Cabrini (Piracicaba, 3 de outubro de 1960) é um jornalista de televisão brasileiro. Foi correspondente internacional da Rede Globo em Londres e Nova York, ganhou os principais prêmios como repórter investigativo (Esso, APCA, Líbero Badaró, Imprensa,Tim Lopes e Vladimir Herzog) e cobriu seis guerras.

Considerado um dos principais jornalistas brasileiros, especializado em jornalismo investigativo, coberturas de guerra e de defesa dos direitos humanos, ganhou praticamente todos prêmios importantes em seu meio em 3 décadas de carreira. Roberto Cabrini iniciou sua carreira aos 16 anos de idade em uma rádio e um jornal do interior de São Paulo e, aos 17, foi contratado pela TV Globo como o repórter mais jovem do telejornalismo de rede do país, inicialmente atuando como repórter esportivo.

Em 28 anos de carreira, Roberto Cabrini cobriu seis guerras internacionais (Afeganistão, Iraque, Palestina, Camboja, Caxemira e Haiti); participou de cinco Olimpíadas e cinco Copas do Mundo; foi correspondente por oito anos - quatro deles em Londres e quatro em Nova York - além de realizar coberturas em mais de 60 países.

Em outubro de 1993, após sete meses de investigação descobriu o paradeiro do fugitivo da justiça Paulo César Farias em Londres, driblando até mesmo as buscas da polícia brasileira. PC Farias foi tesoureiro de campanha de Fernando Collor de Mello nas eleições presidenciais brasileiras de 1989. Foi a personalidade chave que causou o primeiro processo de impeachment da América Latina, em 1992. Em 1995 produziu o documentário "Enigma das Alagoas" que apresentava a mais célebre entrevista com o presidente Fernando Collor de Mello depois do impeachment. A técnica utilizada para a entrevista repleta de perguntas cortantes (estilo marcante de Cabrini) e muitos dados, gerou reconhecimento de todos veículos de comunicações. O Estado de São Paulo o escolheu como o melhor do jornalismo da TV neste ano, a revista Veja considerou esta a melhor reportagem do ano.

Neste mesmo ano concluiu o documentário "Enigma das Mil e Uma Noites" após vários meses no Iraque, conseguindo provar a existência de soldados iraquianos que por se recusarem a servir seu exército tiveram suas orelhas cortadas pelo regime de Saddan Hussein, algo até então negado veementemente por Bagdad em uma entrevista exclusiva com o então vice-primeiro-ministro iraquiano Tarek Aziz. Conseguiu penetrar no norte do país onde revelou as sequelas dos ataques com armas químicas na cidade curda de Halabja pelas forças de Saddan Hussein. A entrada na cidade tinha sido bloqueado aos jornalistas desde o ataque de 1988. Terminou o ano com uma grande entrevista com o lider palestino Yasser Arafat e ainda com os guerrilheiros preparados para o martírio, os homens-bomba recrutados para se explodirem contra alvos israelenses. Foi então também considerado pelo jornal do Brasil como o melhor repórter em atividade da TV brasileira.

Em 1996, foi o único jornalista da América Latina a cobrir a ascensão do grupo radical Taliban no Afeganistão, fortemente apoiado pela Al Qaeda, de Osama Bin Laden que se armou com a ajuda americana. Nessa cobertura, produziu o documentário "Em nome de Alá", vencedor do Prêmio Vladimir Herzog de direitos humanos (1996). Em setembro de 1997 após uma investigação de 5 meses localizou na Costa Rica na América Central, a fugitiva Jorgina de Freitas Fernandes, a maior fraudadora da história do INSS no Brasil. Ganhou com a reportagem o Prêmio Previdência Social de Jornalismo.

Ainda em 1998 elaborou a reportagem "A Verdadeira História do Vôo 254", contando em detalhes o que de fato aconteceu em um dos piores desastres da aviação brasileira. A reportagem garantiu a ele o VI Prêmio Líbero Badaró de jornalismo. Também foi Roberto Cabrini quem noticiou, ao vivo, pela TV Globo, o óbito do piloto Ayrton Senna em maio de 1994. Cabrini cobria o GP de Fórmula 1 de Ímola, na Itália, e foi a Bologna acompanhar a sequência dos fatos onde entrou em plantão ao vivo para noticiar o fato.

Em 1998 denunciou um grande esquema de venda de crianças para países europeus no Sri Lanka na extremidade sul do subcontinente indiano, reportagem considerada pela Anistia Internacional uma das melhores já realizadas sobre o assunto em toda história. Desde 2001, como reconhecimento de sua carreria de repórter, passou a atuar também como âncora e editor-chefe de programas jornalistícos.
Já no ano de 2009, Roberto Cabrini retornou ao SBT, onde é o editor-chefe e apresentador do programa Conexão Reporter.

Prêmios

    Melhor repórter da TV brasileira - Troféu Imprensa de 1993 - (Prêmio recebido em 94 - ano em que cobriu a morte de Ayrton Senna e descobriu o paradeiro do fugitivo Paulo César Farias)
    Melhor programa jornalístico (entrevista com Fernando Collor de Mello e documentário no Iraque) - Prêmio APCA de 1995
    Entrevista com Fernando Collor de Mello - apontada pela Revista Veja como a melhor matéria do ano de 1995
    Foi considerado pelo Jornal do Brasil o melhor repórter da televisão Brasileira em 1995
    Documentário "Em Nome de Alá", realizado no Afeganistão - ganhador do Vladmir Herzog, em 1996, na categoria TV (quando atuava pelo SBT - SP)
    Reportagem "A verdadeira história do Vôo 254" - vencedor do VI Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo de 1998
    Documentário "Em Nome de Alá" - vencedor do 14º Prêmio de Direitos Humanos de 1997
    Documentário "Investigando a Fraudadora do INSS" - vencedor do 1º Prêmio Previdência Social de Jornalismo de 1998
    2009- Prêmio Tim Lopes - O chefe do tráfico
    2010 Prêmio Esso de telejornalismo "Sexo, Intrigas e Poder" (Investigando a Pedofilia na Igreja)

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

QUAL O LEGADO CULTURAL DEIXADO PELO BLOCO DE CARNAVAL "OS BIRITEIROS"?

Após muitos emails recebidos, a temática sobre o bloco "Os Biriteiros" volta à tona. Idealizado por uma vereadora de São José de Mipibu, o referido bloco de carnaval, indiscutivelmente, faz apologia ao consumo exacerbado de álcool, um péssimo exemplo para crianças e adolescentes que vão às ruas prestigiarem a festa.

Durante o dia, eles (o bloco) se concentram em lugar estratégico para tomarem todas, encherem o pote. À noite, sobem a ladeira, esbanjando alegria, felicidade e muita disposição, tudo motivado pela "gasolina" ingerida.

Sem errar uma letra, é um momento de descontração para as famílias mipibuenses, porém, fazendo uma leitura mais inteligente e reflexiva, um exemplo negativo para os descendentes dos "biriteiros".

Que interpretação uma criança, sem formação intelectual desenvolvida, irá fazer de tudo isso? Que cachaça é ruim?! Que se embriagar é feio?! Que brincar o carnaval cheio de caeba é ridículo?! Negativo!!! Fará, exatamente, o contrário! Para esse ser, tudo será absorvido como o melhor dos exemplos para a sua vida adolescente e, consequentemente, adulta.

Alguém poderia culpar os pais por tal irresponsabilidade, porém, quando o mau exemplo é extensivo, todos são coniventes, inclusive as autoridades responsáveis, que fazem vista grossa diante de tal absurdo. Nas ruas, durante os quatro dias de festa, nenhum tipo de fiscalização, sobretudo, por parte do Conselho Tutelar do município.

Em 2016, teremos a 12ª Cirrose, regada às eleições municipais. Dessa vez, o bloco "Os Biriteiros", além do propósito elencado, terá um objetivo bem mais audacioso e vantajoso.

Que o povo e as autoridades (Promotoria Pública, Agentes de Proteção, Conselho Tutelar e COMAD) acordem para esses absurdos e façam leituras significativas e inteligentes, no sentido de proteger, respeitar e zelar pelo futuro de São José de Mipibu.

Se falei besteira e abobrinhas, o espaço está aberto para possíveis comentários e/ou contra-argumentações. Afinal, democracia se faz assim.

Texto: Alexandre Freire

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

CRIANÇAS E ADOLESCENTES ESTÃO "ENCHENDO A CARA" NAS RUAS DE SÃO JOSÉ DE MIPIBU. ONDE ESTÃO OS (IR)RESPONSÁVEIS???!!!

Alexandre Freire opina

CONSELHO TUTELAR, COMAD, PODER JUDICIÁRIO, PROMOTORIA PÚBLICA... Onde estão vocês???!!! De forma eloquente e muito preocupado, queria chamar a atenção desses órgãos para um problema gravíssimo que está acontecendo no carnaval de rua de São José de Mipibu. Como muitos pais já não se responsabilizam mais pelos seus filhos, crianças e adolescentes, infiltrados em alguns blocos de rua, estão abusando de bebidas alcoólicas. Uma situação que os deixa expostos à exploração, violência, opressão, crueldade, discriminação e negligência.

Alguém poderia perguntar: "Mas muitas dessas crianças estão acompanhadas dos seus pais ou responsáveis!". Sim, entendo! Porém, sabemos que algumas famílias são desestruturadas, não cuidam e/ou não se responsabilizam pelos pequenos, deixando-os jogados numa sociedade corrompida pelas drogas e outras mazelas sociais. O que fazer nesses casos?

O Conselho Tutelar, cujo dever é garantir os direitos da criança e do adolescente está em regime de plantão no carnaval? Como denunciar casos em que o direito do menor é ameaçado ou violado?

Segundo prega o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), no Art. 5º: "Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais".A aplicabilidade deste e de outros artigos faz sentido neste carnaval mipibuense? Onde se meteram os conselheiros da nossa cidade? Só estão brincando o carnaval???

Ao COMAD, Conselho Municipal de Política Sobre Drogas, através do competente presidente João Ventura, sugiro levar às reuniões essa temática e mobilizar os responsáveis, a fim de fazerem valer o ECA.

Como a Promotoria Pública, às vezes, só age após muita "provocação" e empurrão, tenho certeza de que esse pequeno texto repercutirá e muito na cidade, no estado e no país, sobretudo, por meio das redes sociais. Espero que a provocação culmine em ação! Fica a dica de um pai de família e cidadão mipibuense.

Texto: Alexandre Freire

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

O COMERCIANTE BASTINHO DA CIGARREIRA FALA SOBRE O CARNAVAL ORGANIZADO PELA PREFEITURA

Visitando a estrutura onde está sendo realizado o carnaval de São José de Mipibu, conversei com o amigo e comerciante Sebastião Avelino, mais conhecido por Bastinho da Cigarreira. Na ocasião, perguntei sobre vários pontos e a logística da festa promovida pela Prefeitura Municipal.
Inicialmente, Bastinho enalteceu a segurança em torno dos festejos de Momo. "Nossa cidade está segura. Muitos policiais e agentes de proteção estão atentos a todos os detalhes". O evento está sendo realizado na Rua Olavo Feliciano, Rua do Municipal, e recebe, todas as noites, uma multidão animada cujo único objetivo é brincar o carnaval com responsabilidade e respeito ao próximo.
Outro ponto destacado pelo comerciante é o horário do término da festa. "Ao contrário de anos anteriores, as bandas param pouco mais de meia-noite, mais precisamente, por volta de 1 hora". Uma forma de respeito aos moradores das proximidades, já que muitos ali precisam dormir.
Como bom analista, Bastinho ainda observou que o som do palco está mais baixo, acessível aos ouvidos e ao bom senso. As principais atrações da noite são bandas e artistas da terra, uma valorização dos talentos mipibuenses, por parte da gestão municipal.
Banheiros químicos foram instalados na rua lateral da Escola Municipal Profº Severino Bezerra de Melo (O Municipal). No mais, torcer para que terminemos bem nossa festa, com a proteção de Deus e a consciência de cada cidadão-folião, no sentido de evitar excesso de bebida alcoólica, baderna ou outras ações que tirem a paz e a tranquilidade do nosso carnaval.

Matéria e fotos: Alexandre Freire

DIREÇÃO DO ABRIGO FALA SOBRE O CARNAVAL DE RUA, PROMOVIDO PELA PREFEITURA

O blog De Olho em Mipibu esteve no Abrigo Anízia Pessoa, em São José de Mipibu. Na ocasião, fomos saber o efeito do carnaval de rua, promovido pela Prefeitura Municipal, sobre a vida de cada idoso daquela casa. Em outros anos, a estrutura montada ficava no entorno do abrigo, momento em que o barulho não permitia o sossego dos velhinhos. Muitos ficavam em claro e só dormiam ao amanhecer.

Este ano, porém, a Irmã Iva Guedes, diretora da instituição, elogiou a festa. "Alexandre, parabenizamos o prefeito Arlindo por ter encontrado um lugar mais do que adequado e montado o palco distante do nosso abrigo. Antes, o som estrondava tudo isso aqui, o que não permitia a paz e o sono dos nossos internos". Entretanto, a direção sugere que a frente do palco esteja voltado para a BR-101, uma forma de jogar o som para a outra extremidade da cidade.
O cadeirante e usuário, José Renato, elogiou, também, os foliões de rua. "Em vez de estacionarem seus carros de som e paredões por aqui, preferem curtir os blocos e a festa organizada pela prefeitura".

Indiscutivelmente, a população e os nossos governantes têm absorvido, com muita clareza e discernimento, o que é melhor e mais viável para os cidadãos. Deixo os parabéns ao prefeito Arlindo Dantas por ele governar ouvindo a opinião do povo. Particularmente, Arlindo, ainda vejo que festas populares deveriam ser organizadas em lugar mais afastado do centro da cidade, local este inchado populacionalmente e inviável para tais estruturas. Fica a dica construtiva!

Matéria e foto: Alexandre Freire

domingo, 15 de fevereiro de 2015

SÃO JOSÉ DE MIPIBU - BLOCO "OS BIRITEIROS" FAZ APOLOGIA AO CONSUMO EXACERBADO DE ÁLCOOL

O bloco de rua "Os Biriteiros", da cidade de São José de Mipibu, sai às ruas há exatamente 11 anos. Estampado na camisa, 11ª CIRROSE, uma doença grave, causada pelo uso exacerbado de bebida alcoólica, a agremiação faz apologia negativa ao consumo de álcool.

Um dos grandes problemas é a presença, em massa, de crianças, jovens e adolescentes na avenida. De forma crítico-reflexiva, não seria um mau exemplo para essas pessoas? Uma oportunidade para se fazer uma leitura mais abrangente da situação.

Alguém poderia questionar: "Mas é CARNAVAL!!!". Verdade!!! Porém, é nesse mesmo período que meninas (crianças e adolescentes) engravidam de forma indesejada e se prostituem; muito(a)s consomem bebidas alcoólicas e drogas pesadas, além de praticarem badernas, assaltos e roubos. Uma das principais razões é a motivação e o exemplo negativo. Provavelmente, após os quatro dias de folia, a ação deva se perpetuar. Afinal, a sociedade já é refém desses e de tantas outras mazelas sociais.

Os Biriteiros foi idealizado por uma vereadora da cidade e conta com um grande número de foliões. Além da alegria contagiante, uma das principais marcas é tomar todas! Atitude "coerente", que faz jus ao nome do bloco.

Deixo claro que, em nenhum momento, tento denegrir a imagem dos organizadores, mas deixo este texto para uma possível reflexão.

Matéria: Alexandre Freire

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

CRISTIANE DANTAS PARTICIPA DE REUNIÃO DO COMITÊ DE ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

A deputada estadual Cristiane Dantas (PC do B) participou na manhã desta quinta-feira, 12,  da primeira reunião do Comitê de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher de 2015.  Durante a reunião foram apresentadas as principais atividades realizadas em várias esferas no atendimento à mulher vítima da violência e as dificuldades para garantir os direitos da mulher. 

No encontro a deputada, que está em seu primeiro mandato, mostrou-se sensível em colaborar e atuar em favor das políticas públicas que priorizem o resgate da dignidade da mulher vítima da violência.

”A conquista do mandato da deputada Cristiane é muito importante para garantir mais cidadania na política na medida em que ela vai pautar na Assembleia Legislativa as políticas públicas para as mulheres e também para a juventude. Já temos várias demandas do Comitê que serão encaminhadas para a Assembleia e contaremos com o apoio da deputada.”, afirmou a Secretária de Política Pública para a Mulher do RN, Teresa Freire.
Na ocasião também foi divulgada a agenda para a comemoração do Dia Internacional da Mulher. Uma das atividades programadas será a realização de uma sessão solene na Assembleia Legislativa proposta pela deputada Cristiane Dantas juntamente com a deputada Márcia Maia. A sessão será realizada no próximo dia 9 de março na sede do Poder Legislativo.

Sobre o Comitê

O Comitê de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher é coordenado pela Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres do RN e tem atuação consultiva nas diretrizes pertinentes à garantida dos direitos das mulheres. 

O Comitê é formado por membros de órgãos e entidades representativas, além da sociedade civil organizada. Entre eles a Coordenadoria de Defesa dos Direitos das Mulheres e Minorias (CODIMM), Tribunal de Justiça, Defensoria Pública, Ministério Público Estadual por meio do Núcleo de Apoio à Mulher Vítima da Violência (Namvid/MPRN), Comissão da Mulher Advogada da OAB, Delegacia da Mulher, Itep e pela deputada Cristiane Dantas. 

Crédito fotos: Aline Bezerra

NO CARNAVAL DO ABRIGO ANÍZIA PESSOA, O SILÊNCIO DEVE SER A PRINCIPAL ALEGRIA!

São José de Mipibu se prepara para a festa do carnaval. A prefeitura municipal já divulgou a tão esperada programação e os blocos carnavalescos estão nos preparativos para fazerem bonito pelas ruas, praças e avenidas. Além disso, a segurança está garantida.

Há algum tempo, os idosos do Abrigo Anízia Pessoa sofrem com os efeitos dessas festas populares. Em muitos casos, passam a noite inteira sem dormir, devido ao barulho das bandas e de foliões que insistem em estacionar seus carros de som e paredões no entorno do abrigo. Tudo isso somado à grande baderna dos que exageram no álcool e nas drogas.

Em nome da população, pedimos aos organizadores do carnaval de rua, mais cautela, no sentido de inserir no projeto logístico da festa carnavalesca o cuidado e o zelo aos nossos velhinhos, fazendo valer a lei do Estatuto do Idoso.

A maior alegria de cada idoso que ali se encontra é poder dormir em paz e no mais absoluto silêncio, embora reconheçamos que eles participam de momentos festivos, mas em horários adequados.

Matéria e foto: Alexandre Freire

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

CAMPANHA DO DETRAN: "NÃO DEIXE O ÁLCOOL MUDAR O RITMO DO SEU CARNAVAL"

O Carnaval de 2015 começa nesta sexta-feira (13) em todo o Brasil com um dado alarmante relacionado a 2014: 155 pessoas morreram em acidentes apenas em rodovias federais em todo o Brasil. Os óbitos registrados foram decorrentes de 3.201 acidentes, com 1.823 pessoas feridas durante a folia de Momo. Por esse motivo, o Governo do Estado, através do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), lançou a campanha "Mais Carnaval, Menos Acidente" com o tema “Não deixe o álcool mudar o ritmo do seu Carnaval”.

O objetivo é sensibilizar e chamar atenção dos condutores sobre a combinação de bebidas alcoólicas e direção, em especial durante os dias do Carnaval.  Vale lembrar que na campanha será aplicada a Lei Seca que prevê a detenção do condutor, apreensão do veículo, suspensão da permissão para dirigir, além de multa.

ROBINSON FARIA ENTREGA MAIS 35 VIATURAS PARA A POLÍCIA MILITAR

O Governador Robinson Faria entregou, na manhã desta quinta-feira (12), 35 novas viaturas para reforçar o trabalho da Polícia Militar em 33 municípios. Até o final do mês serão 50. A entrega, realizada em cerimônia na Escola de Governo, marcou a formalização da renovação, por mais um ano, do contrato de locação de 200 veículos para as ações de segurança pública no Rio Grande do Norte, que possibilitou a substituição da frota.

“Eu sabia que como Governador do Rio Grande do Norte teria que devolver ao povo a condição de viver novamente em um lugar seguro e tranquilo; Desafio que não temos medo de enfrentar, basta observar nossas ações desde o primeiro dia de trabalho, quando aumentamos o número de policiais nas ruas. Os dados que mostram a diminuição de crimes, o pagamento das diárias operacionais, agora o reforço para o carnaval e a entrega das viaturas”, declarou o Governador.

Prefeitos, representantes e policiais destacados nos municípios receberam as chaves dos veículos do Governador Robinson Faria, do Vice-Governador Fábio Dantas, da Secretária Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Kalina Leite, e do Comandante Geral da PM, Coronel Ângelo Dantas. Foram contemplados municípios que ainda não dispunham de viatura ou que os veículos estavam danificados. Segundo o Prefeito de Várzea, Getúlio Ribeiro, a entrega é “um avanço que mostra o compromisso do Governo com o discurso de priorizar a segurança pública”.

As primeiras cidades a receber as viaturas são: Poço Branco, Pau dos Ferros, São Miguel, Severiano Melo, Encanto, Assú, Ielmo Marinho, Taipu, Touros,  Montanhas, Parelhas, Luiz Gomes, Serrinha dos Pintos, José da Penha, Antônio Martins, Carnaubais, São Rafael, Cerro Corá, Lagoa Nova, Coronel Ezequiel, Pureza, Jardim de Piranhas, Tenente Ananias, Lagoa de Pedras, Brejinho, Várzea, São Pedro, Nova Cruz, Santo Antônio, Ceará-Mirim, Parnamirim, São José de Mipibú e Macaíba.

O contrato de locação representa investimento de R$ 7,2 milhões do Governo do RN, através da SESED.

Participaram da solenidade, os Secretários Estaduais de Tributação, André Horta, de Relações Institucionais, Hudson Pereira, de Assistência Social, Trabalho e Habitação, Julianne Faria, de Juventude, Divaneide Basílio, de Políticas para as Mulheres, Teresa Freire, de Infraestrutura, Jader Torres, além do Comandante do CBM, Coronel Otto Saraiva, o Diretor do ITEP, Odair de Souza, e o Delegado Regional, Cleiton Pinho.   

Foto: Rayane Mainara

NÃO QUEREMOS SEGURANÇA SOMENTE NO CARNAVAL, TENENTE ISAAC LEÃO!

Cigarreira de Paizinho, localizada no centro da cidade, recebeu "visitinha" de marginais.

Lendo um dos blogs da cidade, por ocasião dos preparativos da festa do carnaval mipibuense, constatei que o competente Tenente Isaac Leão concedeu entrevista à parte da mídia mipibuense. Em sua fala, o tenente diz que “Posso garantir que o cidadão mipibuense pode voltar das praias para prestigiar o carnaval de rua de São José de Mipibu". Indiscutivelmente, teremos uma festa segura, que trará às ruas as famílias mipibuenses.

Porém, tenente, e após o Carnaval, nossa cidade continuará com esse reforço policial? Fiquei preocupado com um acontecimento nos últimos dias. No centro da cidade, mais precisamente, na Praça Monsenhor Paiva, marginais arrombaram a cigarreira do cidadão Lídio Pessoa Leão, conhecido por Paizinho. O senhor não acha ousadia demais?!


Os policiais não fazem rondas periódicas? Não acham muita falta de segurança uma ação dessas acontecer em pleno centro da cidade, sem que a polícia tome conhecimento? Se a viatura circular pelas principais ruas e praças da cidade, dificilmente, teremos investidas tão escancaradas e absurdas.

Sugiro, caro Leão, empenho nesse sentido. Que a força policial continue firme e operante, sobretudo, no dia-a-dia do cidadão mipibuense. Afinal de contas, precisamos de segurança 24 horas ao dia, de domingo a domingo.

Matéria e foto: Alexandre Freire

SEM MÉDICOS E LEITOS PSIQUIÁTRICOS, HOSPITAL REGIONAL DE MIPIBU DESCUMPRE PORTARIA 3088 DE DEZEMBRO DE 2011

Diretor do Hospital Regional Monsenhor Antônio Barros, Valdir Vieira e o Diretor Administrativo do CAPSMAF de São José de Mipibu, Alexandre Freire.

Em contato com profissionais de saúde mental e leitura da Portaria 3088 de 23 de dezembro de 2011, é de responsabilidade do hospital geral, no caso, o Regional de São José de Mipibu, oferecer, junto a outros componentes da Rede de Atenção Psicossocial, atendimento a usuários portadores de transtorno mental e os que fazem uso de álcool e outras drogas. Segundo a referida portaria, no que diz respeito a se constituir um dos pontos dessa rede... deve ser oferecido... a) enfermaria especializada em Hospital Geral; b) serviço Hospitalar de Referência para Atenção às pessoas com sofrimento ou transtorno mental e com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas.

Em muitos casos, os próprios médicos profissionais da Atenção Básica e demais instituições de saúde pensam que o Centro de Atenção Psicossocial é o único responsável pelo acolhimento desse público, encaminhando pacientes, exclusivamente, aos CAPS, ocasionando uma demanda exacerbada. Em algumas ocasiões, sentiu uma dor de cabeça, logo são encaminhados por médicos que deveriam prestar uma melhor assistência em vez de se "livrarem" de mais um esforço, digno e de responsabilidade da profissão que exercem.

Há alguns dias, fiz uma visita ao novo diretor do HRMAB, Valdir Vieira. Na ocasião, perguntei sobre os leitos psiquiátricos os quais estavam no projeto de reforma daquele hospital. Porém, segundo Valdir, "Como técnico-enfermeiro, vejo a desospitalização mais eficiente para esse público". Uma informação interessante, já que os CAPS primam pela autonomia do sujeito em sofrimento mental, entretanto, a rede, pela lei, conta com os hospitais gerais, como uma espécie de parceiro no envio de casos mais graves, a fim de fazerem cumprir o bom senso e o direito à saúde. Hoje, aquela unidade geral não tem clínicos; apenas, funciona a parte de maternidade.

Reconhecendo o caos pelo qual passam muitos CAPS e serviços de saúde mental do RN, esperamos uma reestruturação por parte do governador Robinson Faria desses serviços, a fim de que façam valer a lei e/ou as portarias. Afinal, lei não se discute... se cumpre.

Matéria e foto: Alexandre Freire

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

SÃO JOSÉ DE MIPIBU - IPTU 2015

A Secretaria Municipal de Tributação informa aos contribuintes do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) que os carnês para o pagamento deste ano serão distribuídos à população até o mês de março, pelos Correios.


Os contribuintes que não receberem o carnê em tempo hábil para o pagamento das parcelas poderão dirigir-se à Secretaria Municipal de Tributação, que funciona de segunda a sexta, das 8h às 13h na sede da Prefeitura Municipal ou emitir o DAM (Documento de Arrecadação Municipal) através do Portal do Contribuinte. 



O IPTU deste ano foi lançado em até sete parcelas com 30% de desconto caso o pagamento seja efetuado em parcela única. 

Acesse o portal do contribuinte: http://goo.gl/BgvWq7

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

O FUTEBOL ESQUECEU UM DOS GRANDES DESPORTISTAS MIPIBUENSES: SEU CÍCERO PAULINO

Aos 86 anos de idade e uma trajetória de vida cheia de grandes lutas e batalhas, Seu Cícero Paulino fez história em São José de Mipibu, sobretudo, no futebol. Segundo depoimento, fundou, juntamente com o saudoso Moizaniel de Carvalho, o Arsenal Esporte Clube, o qual sobrevive, até hoje, além das equipes, Estrela do Mar e Cruzeiro.

Natural de Santa Luzia, na Paraíba, e descendente de italiano, Seu Cícero atuou como jogador de futebol, na posição de meio de campo, bem como esteve diretor e treinador de muitos times de futebol do município.

Reconhece o avanço e a tecnologia do futebol moderno, porém, lamenta a indisciplina dos atuais jogadores, que, depois dos treinos, abusam do álcool e de outros excessos.

Quando perguntei sobre sua maior alegria no esporte, respondeu: "Na minha época, honrava-se a camisa dos clubes, respeitava-se seus comandantes e a maioria dos jogadores, mesmo amadores, eram muito mais comprometidos e disciplinados.

Comerciante desde os 10 anos, atualmente, tem uma mercearia, em sua residência, onde passa boa parte de seu tempo. Seu Cícero, ainda, organizou vários carnavais, na cidade, bailes e festas na antiga Associação Esportiva Mipibuense.
Preocupado com a educação de um grupo de alunos, doou à prefeitura do nosso município o terreno onde hoje funciona a Escola Municipal Maria Aparecida. Uma atitude louvável, digna de homens de visão.

Hoje, lamenta seu nome ser esquecido no meio futebolístico. "Nunca recebi convite de membros da direção do Arsenal, para participar de reuniões, eventos, jogos comemorativos ou reconhecer a minha história de luta em favor do futebol local".

Aqui, faço um apelo ao Professor Dalmo Pereira, atual Secretário Municipal de Esportes, rever a importância desse homem, criador dos primeiros times de futebol da nossa cidade, no sentido de prestar uma grande homenagem a quem, realmente, contribuiu com as bases e com a história do futebol em Mipibu.

Matéria e fotos: Alexandre Freire

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

O CAPSMAF PRECISA DO APOIO DA ATENÇÃO BÁSICA DE SÃO JOSÉ DE MIPIBU

Direção do CAPS  de São José de Mipibu participa de reunião no Hospital João Machado.

Atualmente, o Centro de Atenção Psicossocial Manoel Amaro Freire de São José de Mipibu - o CAPSMAF - está com uma demanda exacerbada e com uma superlotação. Uma das principais razões é a falta de diálogo e entendimento entre esta instituição e a Atenção Básica do município, para onde o paciente, após passagem pelo CAPS, deve retornar. Em muitos casos, pessoas chegam ao acolhimento do centro psicossocial, mas com perfis que não dizem respeito a qualquer tipo de transtorno ou, até mesmo, dependência química. Uma perda de tempo e uma sobrecarga de trabalho à equipe.

Em reunião, no Hospital João Machado, a diretora daquela unidade, a psicóloga Eloá, disse que São José de Mipibu, atualmente, tem enviado muitos pacientes à Natal (ou os que buscam espontaneamente). "Se há o envio constante de pacientes até, aqui, é porque a Atenção Básica não está acolhendo, devidamente, este cidadão. Em muitos casos, situações que poderiam ser resolvidas no território, por meio de uma medicação e consultas periódicas, são encaminhadas aos CAPS e, consequentemente, às urgências. Esses serviços são substitutivos aos famigerados e ultrapassados manicômios. Se a pessoa chega a uma urgência, sinal de que a base acolhedora, em muitos casos, falhou" - disse a Diretora do João Machado.

Imediatamente, a direção do CAPS se reuniu e planejou um mapeamento e cronograma para visita e diálogo com médicos e profissionais dos postinhos e com os PSF. Em muitos casos, como Saúde Mental é uma temática mais específica, alguns profissionais talvez não entendam o que é... para que serve... e como se constitui a dinâmica de trabalho psicossocial.

"Faremos uma escala, para que a equipe técnica visite essas unidades de saúde. Se possível, dependendo da disponibilidade, um dos objetivos principais é levar a nossa psiquiatra ou outro profissional ligado à área de saúde mental para dialogarem com os médicos, sobretudo, a fim de que estes acolham mais e não enviem indevidamente pacientes até nossa instituição" - explanou o diretor administrativo do CAPS, Alexandre Freire.

Após a reativação dessa atividade fundamental, denominada Matriciamento, uma nova capacitação será agendada com o grupo de saúde mental da SESAP, para discussão dos mais diversos tipos de transtornos.

Um dos grandes desafios de qualquer rede de saúde é o trabalho coeso, de mãos dadas entre todas as unidades, a fim de que tenhamos uma prestação de serviço pautada na boa qualidade e, principalmente, no atendimento de excelência ao paciente.

Matéria e fotos: Alexandre Freire

"NOIADOS" ARROMBAM A CIGARREIRA DE PAIZINHO

Na madrugada de hoje (04), a cigarreira Ponto dos Boêmios, de propriedade do Senhor Lídio Pessoa, mais conhecido por Paizinho da cigarreira, foi arrombada. O ponto comercial localiza-se na Praça Monsenhor Paiva-Centro.
Provavelmente, segundo informações de populares, trata-se de um grupo usuários de drogas, os famigerados "noiados" que estão por toda parte, roubando pessoas e arrombando casas e comércios pelos quatro cantos de Mipibu, a fim de manterem o vício de cada dia. Em contato com Paizinho, ele me relatou que, na ação, levaram dinheiro, mercadorias, principalmente, grande quantidade de cigarros e bebidas.
Está na hora de o Tenente Leão pedir aos seus comandados que façam rondas periódicas pelas praças e principais ruas da cidade. Ao governador Robinson Faria e ao secretariado de Segurança Pública do RN, a população mipibuense aguarda, ansiosamente, investimento, em massa, nessa área, conforme planejamento divulgado pré-campanha eleitoral.

Matéria e fotos: Alexandre Freire

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

EQUIPE CAPSMAF INICIA PROCESSO DE CAPACITAÇÃO

Ontem (02), parte da equipe do Centro de Atenção Psicossocial Manoel Amaro Freire (CAPSMAF) iniciou processo de capacitação. Preocupado com a qualidade do serviço prestado à população de São José de Mipibu, a direção traçou um planejamento no sentido de buscar instituições parceiras e/ou profissionais renomados para ministrarem cursos, palestras e, até mesmo, orientação nas mais diversas situações-problemas do dia-a-dia do serviço.
Na ocasião, nesse primeiro contato, a ex-Coordenadora Estadual de Saúde Mental do RN, Drª Liege Uchoa, acompanhada da assistente social daquela coordenação, Lidiane Cauda, ministraram informações importantes e imprescindíveis ao bom funcionamento dos que atendem a usuários portadores de transtornos mentais e de álcool e outras drogas.
Cada profissional expôs suas dificuldades e, em seguida, uma longa discussão sobre esses e outros pontos permeou o encontro. Embora se reconheça a boa qualidade da equipe técnica, a temática Saúde Mental requer muita leitura, estudos e dedicação. Nos próximos dias, como foi acordado, após o cumprimento de alguns pontos sugeridos por Liege, a equipe terá mais um encontro no qual tratará de uma discussão sobre os mais diversos tipos de transtornos/psicoses com os quais profissionais se deparam todos os dias.
Hoje (03), a direção do CAPS, nas pessoas de Alexandre Freire (Diretor Administrativo) e Janilza Matos (Diretora Técnica), juntamente com a enfermeira do referido centro, Aila Rosana, estarão no Hospital João Machado, em reunião.

Os agradecimentos da família Manoel Amaro Freire aos membros, colaboradores e demais coordenadores de Saúde Mental do RN.

Matéria e fotos: Alexandre Freire