O MELHOR PÃO DA CIDADE

PRAÇA DES. CELSO SALES, N° 12 - CENTRO - SÃO JOSÉ DE MIPIBU-RN

SUPERMERCADO DO TELMO

O SUPERMERCADO DAS GRANDES PROMOÇÕES

CONHECER EDUCACIONAL

A ESCOLA DAS FAMÍLIAS MIPIBUENSES.

AQUI, SUA MARCA É LEMBRADA

ENTREM EM CONTATO ATRAVÉS DO EMAIL: deolhoemmipibu@gmail.com

terça-feira, 30 de abril de 2013

"A MATERNIDADE ONDE VOCÊ NASCEU, ALEXANDRE, VOLTARÁ A FUNCIONAR" - DISSE A VEREADORA JANETE


Há pouco tempo, o blog conversou com a amiga, vereadora e administradora da APAMI, Janete Paiva, a qual, muito feliz e emocionada, falou sobre a continuidade dos serviços da maternidade de São José de Mipibu. Janete deixou claro que 5 obstetras e 4 anestesistas darão suporte por um período de 6 meses, tempo suficiente para que a APAMI se estruture, já que passa por reforma em sua parte física.

Quando perguntado sobre a atuação do município no funcionamento da referida unidade de saúde, a vereadora deixou claro que o Executivo, nas pessoas do prefeito Arlindo Dantas, do secretário de saúde Alexandre Dantas e do Deputado Estadual Fábio Dantas, sem dúvida nenhuma, contribuirá, significativamente, para que, de mãos dadas com todas as camadas sociais mipibuenses, tenhamos de volta a grande prestação de serviço num dos hospitais maternidades referência em nosso estado, com 70 anos de atendimento de qualidade à nossa população.

Matéria e foto: Alexandre Freire

VEREADORES MIPIBUENSES DISCUTEM SITUAÇÃO DA APAMI COM A GOVERNADORA

 
Os vereadores de São José de Mipibu participaram, ontem, de uma reunião com a governadora Rosalba Ciarlini e o secretário de Estado da Saúde Pública, Luiz Roberto Fonseca, para discutirem as medidas a serem adotadas para evitar o fechamento da entidade mantenedora da única maternidade do município.

Eles ouviram do secretário Luiz Roberto Fonseca que a transferência dos médicos ocorreu para fechamento das escalas dos hospitais Santa Catarina e Walfredo Gurgel, que é a única pediatria de referência em trauma ortopedia do Estado. A governadora externou interesse em encontrar uma solução que garanta o não fechamento da Apami e que, após concluída a reforma do Hospital Regional, a unidade passará a contar com um centro cirúrgico destinado à obstetrícia e o outro que será definido de acordo com a perfilização do hospital.

Para o presidente da Câmara, Figueiredo Varela, a presença dos vereadores à reunião demonstrou que o Legislativo mipibuense está unido ao Executivo e às outras entidades presentes em busca de soluções para o problema que afeta as mulheres e bebês de Mipibu e região." Ficamos informados de como tudo ocorreu, mas juntos mostramos que a sociedade mipibuense quer respostas, que certamente virão", declara o presidente. Com exceção da vereadora Carla Simone, que não compareceu por motivos de saúde, todos os vereadores estiveram na reunião. "A impressão que tenho é que São José ganhou muito com toda essa polêmica. Tenho certeza que o município terá um Hospital e uma Apami funcionando", prevê a vereadora Verônica Senra.

Para esta tarde está marcada nova reunião, desta vez somente com representantes da Apami, da prefeitura e do Governo do Estado. O encontro contou ainda com a presença dos deputados Ricardo Motta, presidente da Assembleia Legislativa, Fábio Dantas e Hermano Morais, do prefeito de São José de Mipibu, Arlindo Dantas, direção e profissionais da unidade, e o padre Matias, pároco de Mipibu.

sessão
Na noite de hoje, a partir das 20h, os vereadores  realizarão mais uma sessão ordinária no Plenário Luiz Barbosa, sede do poder legislativo mipibuense. A sessão também é transmitida ao vivo pelo site da Câmara (www.camarasjm.com.br) e pela rádio local Olho D'água FM.
 
Matéria e foto: Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal

domingo, 28 de abril de 2013

PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA MONITORIA



LÚCIA MARTINS, SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SÃO JOSÉ DE MIPIBU-RN

EDITAL Nº 004/2013
A Secretaria Municipal de Educação de São José de Mipibu - RN, com sede à Rua 26 de julho, nº 08, Centro, CEP 59162-000, no uso de suas prerrogativas legais, e considerando o disposto na Lei Municipal nº 1010/2013-GP/PMSJM, torna público para conhecimento dos interessados a abertura de 12 (doze) vagas para o Processo Seletivo de Bolsa Monitoria para as Escolas e/ou Centros Municipais de Educação Infantil.

1-      DAS INSCRIÇÕES.

Dias: 29 e 30 de abril de 2013.
Local: Secretaria Municipal de Educação
Horário: 8 às 12h e das 14 às 17h

1.1  CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÕES.

1.1.1        – Poderá se inscrever o aluno que:
a)      Estiver regularmente matriculado no curso de Pedagogia de qualquer entidade Superior Pública ou Privada;
b)      Estiver cursando o primeiro semestre letivo.


1.1.2        OUTRAS CONDIÇÕES EXIGIDAS:
a)      Em conformidade com o artigo 1º da Lei Municipal nº 1010/2013, os candidatos selecionados deverão atuar na Educação Infantil e nas turmas de Ensino Fundamental I (com alunos com deficiências que não realizem as atividades educacionais com independência, bem como inerentes à alimentação, higiene e locomoção), objetivando integrar o aluno no processo de formação profissional, desenvolvendo atividade de ensino e busca a melhoria do processo ensino aprendizagem, servindo como instrumento de apoio ao docente, cuja turma possua mais de vinte alunos.

     2-DAS VAGAS

            2.1.As 12 vagas disponíveis estão assim distribuídas  nas seguintes escolas e/ou CMEIs:

1º. CMEI Professor Mário Alexandre do Monte, centro (01 vaga)
2º .Escola Municipal Jorge Ferreira, Cobé  (03 vagas)
3.º Escola Municipal José Gomes de Lima, Jacaracica (01 vaga)
4º. Escola Municipal Marcina Galvão, Pium (01 vaga)
5º .Escola Municipal Janilson Ferreira, Sítio Buraco (01 vaga)
6º. Escola Municipal Prefeito Janilson, Arenã (01 vaga)
7º. CMEI Santa Isabel, Mendes (01 vaga)
8º. Escola Municipal Manoel Martins da Costa, Boa vista (01 vaga)
9º. Escola Municipal Maria Moura, Retiro (01 vaga)
10º. Escola Municipal Angelina Vasconcelos de Farias, Bairro Novo (01 vaga)

              2.2. As vagas serão preenchidas de acordo com a ordem de classificação.

3.PROCESSO DE SELEÇÃO.

O processo de seleção estará a cargo de uma banca examinadora nomeada pela Secretaria de Educação de São José de Mipibu -RN, e deverá ter no mínimo cinco membros (técnicos da própria secretaria).

2.1- A seleção dos candidatos à Monitoria far-se-á no dia 02 de maio do ano em curso, mediante critérios definidos pela banca, e incluirá:

2.1.1- Avaliação dissertativa no campo de atuação com no mínimo 15 linhas e pontuação de 0 a 10,0 pontos.

2.2 – A seleção dos candidatos será classificatória e, em caso de empate, será escolhido o candidato que tiver a maior idade.

4.REGIME DE TRABALHO.

O regime de trabalho será de 20 horas semanais de trabalho efetivo, sem qualquer vínculo empregatício com a instituição.

5.VALOR DA BOLSA.

O valor da bolsa auxílio monitoria será de R$ 400,00 (quatrocentos reais) de acordo com artigo 5º da Lei Municipal 1010/2013.

6.CRONOGRAMA.

INSCRIÇÕES
29 e 30 de Abril


AVALIAÇÃO DISSERTATIVA
02 de maio
Local: Auditório da secretaria Municipal de Educação, Centro – São José de Mipibu/RN.
Hora: 8h
RESULTADO DA AVALIAÇÃO DISSERTATIVA
03 de maio de 8 ás 12h
RECURSOS
03 de maio de 13 às 17h
RESULTADO FINAL
06    de maio às 10h





7.VIGÊNCIA DA MONITORIA.

A vigência ou duração da monitoria estabelecida neste edital será de maio a dezembro do corrente ano.


      Registre-se, publique-se e cumpra-se.

São José de Mipibu – RN, 26 de abril de 2013.




________________________________
Lúcia Martins de Moura
SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

EM SESSÃO, VEREADOR DUDU FALA EM ELEITORES QUE SE VENDEM. QUANTA INCOERÊNCIA!!!


Na última sessão, na Câmra Municipal de São José de Mipibu, um dos vereadores, o sargento Eduardo Simplício (Dudu) falou uma das frases mais incoerentes já pronunciadas naquele plenário. Em meio às discussões sobre o fechamento da APAMI, momento em que os culpados foram a julgamento, o nobre edil pediu para que o povo não vendesse o seu voto, a fim de favorecer políticos sem compromisso com a população, um pedido incoerente, visto que, a eleição para vereadores, em nossa cidade, para o legislativo, foi toda comprada. Votos por amizade ou por achar que o candidato A ou B seria bonzinho para a cidade, contamos nos dedos, não é verdade?

Se estou errado me desculpem, mas qual o vereador que está sentado na cadeira do Palácio Abel Izaías não comprou seu mandato? Portanto, caro vereador Dudu, não me venha falar em compra e venda de votos, pois a bancada legislativa de São José sabe muito bem o que significa estar vereador por meio da compra da consciência do eleitorado.

Matéria e foto: Alexandre Freire

sábado, 27 de abril de 2013

CLUBE DESBRAVADORES VALENTES DE MIPIBU CONQUISTA PRÊMIO



João Maria e Ceiça
 
A Igreja Adventista do 7º Dia de São José de Mipibu mantém, quase 25 anos, uma instituição voltada ao atendimento de crianças e adolescentes. É o Clube de Desbravadores Valentes do Mipibu, que tem como metas fazer desse público melhores cidadãos, melhores filhos e estudantes, este clube desenvolve diversas atividades para que tenham um melhor desenvolvimento físico, mental e espiritual, sem esquecer do social.

No último dia 20, o Clube de Desbravadores Valentes do Mipibu participou com sua banda de um evento no Complexo Cultural Caldeirão da Cultura (onde funcionou a antiga Penitenciária João Chaves), que tinha por objetivo abrir a semana de comemoração do Dia Mundial dos Desbravadores, que acontece no próximo dia 27. A referida banda era convidada especial do evento, que reuniu cerca de 1500 desbravadores da grande Natal, e lá esteve para executar vários hinos e músicas alusivas ao movimento dos desbravadores e da igreja adventista.

Realizou-se uma distribuição de mais de 2000 livros pelas ruas ao redor do aludido complexo e nos sinais de trânsito das circunvizinhanças.

Em seguida, os organizadores do evento começaram a distribuir prêmios àquelas pessoas que colaboram com o movimento dos desbravadores na grande Natal.
Além desses prêmios foram entregues os relativos ao Ranking da Missão Nordeste.

O Ranking refere-se ao cumprimento de uma série de atividades que são exigidas de todos os clubes de desbravadores da Missão Nordeste, que envolve os clube da Paraíba e Rio Grande do Norte. São várias atividades a de cunho mental, físico, social e espiritual. Envolve trabalhos dentro do clube e fora dele. Neste último caso podem incluir visitas a autoridades, realização de trabalhos comunitários, arrecadação de alimentos para serem distribuídos entre a população carente etc. São requisitos cumpridos durante todo o ano. Os clubes executam uma infinidade de tarefas onde se requer precisão, rapidez, bom desempenho, enfim, cada clube e seus desbravadores dão o melhor de si. Cada tarefa cumprida vale pontos, se atingido determinados estágios eles ao final são condecorados com um troféu que pode ter três, quatro e cinco estrelas. Ser um clube Cinco Estrelas ou Ouro é ser um clube que tem excelência, desenvolve bem seus trabalhos, tem bons desbravadores, os quais estão praticando o que lhes é ensinado.

Neste ano havia um prêmio extra: o Troféu Diamante, o qual foi entregue pela primeira vez na Missão Nordeste (RN/PB). Se um clube conquista o troféu ouro ou 5 estrelas por três anos consecutivos ele fará jus ao Troféu Diamante. A Missão Nordeste tem mais de 200 clubes de desbravadores. Destes nem todos conquistaram o troféu 5 estrelas e dentre estes apenas cinco clubes conquistaram o troféu Diamante, e dentre estes está o Clube Valentes do Mipibu, da cidade de São José de Mipibu.

Foi uma grande alegria para os seus membros participarem do referido evento e serem condecorados com a referida comenda. A Diretora Ceiça Torres recebeu das mãos de Erinaldo Costa, Diretor Associado da Missão Nordeste para Desbravadores. Este tdroféu representa o coroamento de um trabalho que demonstra que o clube está no rumo certo, tendo como meta o bem estar das crianças e adolescentes que são seus membros.

Dia Mundial dos Desbravadores
Os desbravadores de São José de Mipibu, que já conta com quatro clubes (no Centro, Tancredo Neves, Bairro Novo e Vale do Lírio), estarão realizando um desfile pelas principais ruas do Centro de São José de Mipibu, no próximo dia 27, à tarde, em comemoração ao Dia Mundial dos Desbravadores.

Bodas de Ouro
O Clube de Desbravadores Valentes do Mipibu estará completando 25 anos de existência em São José de Mipibu no próximo mês de maio. As comemorações ocorrerão no último sábado de maio, dia 25. À tarde ocorrerá um desfile pelas principais ruas da cidade e encerrará com um culto de gratidão.

Matéria e fotos: enviadas

UMA SEMANA SEM O MEU GRANDE AMIGO SHYKINHO - POR TARCÍSIO FREIRE

 Tarcísio Freire

O saudoso Shyko Lima ao lado do seu filho Macel Buenno.

Há exatamente uma semana, perdemos o nosso amigo Shyko Lima, mais conhecido como Shyko da Cosern. Durante toda a minha adolescência, convivi com este cidadão do bem, homem simples e uma das pessoas mais alegres e carismáticas do nosso meio. Na Escola Barão de Mipibu, estudamos juntos, fomos alfabetizados e recebemos lições de civilidade, respeito e de amor ao próximo, uma extenção dos bons valores recebidos por nossos pais e outros familiares. Uma amizade verdadeira na qual o único objetivo era se divertir e viver, de forma intensa, responsável e descontraída.

Embora, há algum tempo, eu resida em Teresina-PI, todos os anos vou à São José de Mipibu para rever minha família, meus amigos e a cidade onde eu nasci. Nessas visitas, faço questão de conversar com a grande legião de amigos que aí deixei. Quando nos encontrávamos, eu e Shykinho passávamos horas, resgatando a nossa história e os bons momentos vividos nas ruas de São José.

Semana passada, recebi a triste notícia de que Shyko havia falecido de forma precoce. Um momento de dor que divido com todos os seus amigos e familiares. Deixo, neste meio de comunicação tão prestigiado e visitado, os meus sinceros sentimentos, em especial, à Marta (esposa) e aos filhos, Macel, Brenno e Mariane.

Tarcísio Freire

quinta-feira, 25 de abril de 2013

A FORÇA DA IGREJA CATÓLICA E DO PADRE MATIAS SOARES EM PROL DAS CAUSAS SOCIAIS DE SÃO JOSÉ DE MIPIBU

Pe. Matias (detalhe) acompanhou políticos mipibuenses até a Assembleia Legislativa, a fim de buscarem soluções para a reativação dos serviços da APAMI.

Embora reconheçamos que algumas camadas sociais de São José de Mipibu estejam engajadas para que o Hospital Maternidade APAMI não feche as portas e os médicos, que atendiam na referida unidade, voltem ao trabalho, uma grande força se uniu, nesses últimos dias, em favor da população mipibuense.

Nas ruas, mobilizando paroquianos para as boas causas; na câmara de vereadores e, até, na Assembleia Legislativa, o pároco do município, Matias Soares, não mede esforço em favor desta luta e considera um absurdo o fechamento de uma instituição que tem 70 anos de relevante serviço prestado, porém, de forma irresponsável, foi fechada pelo Governo do Estado, o qual resolveu remanejar os médicos para outros hospitais.

Hoje, em nome dos religiosos, ele prova, mais uma vez, ser uma das autoridades mais atuantes (em todos os setores) e mais preocupadas com a caótica situação pela qual atravessa a única maternidade da cidade. 

Espero que a governadora Rosalba Ciarlini se sensibilize, pois não atender ao clamor da Igreja Católica significa ficar contra o povo.

Matéria: Alexandre Freire
foto: Carlos Silva

PREOCUPADO, DEP. FÁBIO DANTAS CRITICA DECISÃO DA SEC. SAÚDE DO ESTADO SOBRE FECHAMENTO DA APAMI

O deputado Fábio Dantas (PHS) criticou nesta terça feira (23) a decisão da secretaria de saúde do Estado em retirar os pediatras que estavam à disposição da Associação de Proteção à Maternidade e à Infância (Apami), a única maternidade de São José de Mipibu. “A cidade foi surpreendida com a portaria da secretaria de Saúde Pública do Estado que retira os pediatras que estavam à disposição da maternidade desde 2006. Foi uma falta de respeito com a população de São José de Mipibu”, asseverou o deputado. De acordo com Fábio Dantas, em nenhum momento a sociedade foi consultada sobre essa mudança, destacando que a instituição tem muitos anos de serviços prestados ao município e à região. “Se há problemas o certo seria encontrar as soluções”, afirmou. O deputado disse não acreditar que o problema seja resolvido em 15 – conforme promessa da secretaria de Saúde -, passando o atendimento para o hospital regional da cidade. “A população está sofrendo hoje e não sabemos o que vai acontecer daqui em diante. O secretário pode até ter tido uma boa intenção, mas faltou uma coisa: diálogo. Não se pode resolver um problema, criando outro”, afirmou.

Matéria: enviada
foto: Alexandre Freire

quarta-feira, 24 de abril de 2013

"TENHO MUITO RESPEITO À APAMI, POIS É O LUGAR ONDE EU NASCI"

O hospital maternidade de São José de Mipibu, APAMI, com sete décadas de atuação em nosso município e relevante serviço prestado, vive momento difícil. Os médicos pediatras e obstetras foram remanejados para o hospital Monsenhor Antônio Barros e outros hospitais do estado. A decisão irresponsável e incompetente foi da atual governadora Rosalba Ciarlini, visto que não existem leitos suficientes para as mães, sobretudo, mipibuenses, tirando o direito de darem a luz aos seus filhos na Terra do Barão.
O blog De Olho em Mipibu visitou a unidade e conversou com os funcionários plantonistas.
"Mesmo sem os médicos, permanecemos firmes e fortes em nossos plantões, pois temos pessoas em situações de recuperação e aos cuidados da equipe técnica e acreditamos que a nossa classe política e a população não medirão esforço para reativarem o grande e bom serviço prestado pela competente equipe da APAMI" - desabafou uma funcionária.
Ao entrar por esta porta, e durante toda a visita à unidade, permaneci arrepiado e muito angustiado. Após exame de consciência, constatei que os meus primeiros momentos de vida foram lá, pois nasci na APAMI e tenho orgulho de ser cidadão mipibuense da gema.
Ontem, acompanhei a sessão ordinária, na câmara dos vereadores, e senti que não só os legisladores, mas todos os seguimentos sociais estão engajados, dispostos a lutarem em prol do funcionamento da única maternidade de São José de Mipibu, a qual atende a mais de 20 cidades da região.
Em algumas dependências, o mesmo empenho e a dedicação aos pacientes que ainda estão em recuperação dentro da referida maternidade.
Sala onde são realizados os partos. Um ambiente equipado e com todas as condições favoráveis às pacientes.
Alguns técnicos e pessoal de apoio posaram para as lentes do blog defensor da APAMI mipibuense.
Há 27 anos, na APAMI, a técnica de enfermagem Socorro Roque faz parte dos profissionais, que acompanharam muito da história dos mais de 40 mil partos realizados nesta maternidade. Acredito na força do povo, na Igreja (que está engajada neste propósito) e, principalmente, na classe política local. QUEREMOS A APAMI FUNCIONANDO!!!

Matéria e fotos: Alexandre Freire

"SECRETÁRIO É PAU MANDADO" - DISSE O PE. MATIAS SOARES EM PROTESTO AO FECHAMENTO DA APAMI


Em meio a tantos discursos de protesto pelo fechamento do Hospital Maternidade APAMI, a voz do renomado e destemido padre Matias Soares, pároco de São José de Mipibu, ecoou de forma coerente e relevante. Matias deixou claro que a situação é puramente de politicagem e falta de entendimento entre grupos e partidos políticos. Deixou claro que a Governadora do Estado, Rosalba Ciarlini está derrotada politicamente e não culpa o secretário de saúde do estado, o senhor Luís Roberto Fonseca por medida tão mesquinha e irresponsável contra o município.

"São José tem uma classe política numerosa, mas esta não sabe a força que tem" - concluiu o pároco.

Matéria: Alexandre Freire
foto: Renan Silva

SOCIEDADE MIPIBUENSE PROTESTA PELO FECHAMENTO DA APAMI

APAMI DE SÃO JOSÉ DE MIPIBU ESTÁ DE LUTO PELO FECHAMENTO DOS SERVIÇOS PEDIÁTRICOS E REMANEJAMENTO DE MÉDICOS.

Ontem, São José de Mipibu viveu um momento tenso e de muito protesto. A sessão ordinária, que acontece todas às terças-feiras, na Câmara Municipal, deu lugar a uma agitada movimentação em oposição ao fechamento da APAMI, uma instituição com 70 anos de relevante serviço prestado, a qual está no prejuízo em função de o Governo do Estado ter remanejado os médicos pediatras para o Hospital Regional da cidade e outras unidades de saúde. Resumindo... fecharam a maternidade! Unidades de saúde não funcionam sem médicos.

Segundo informações do presidente do Conselho Municipal de Saúde da nossa cidade, Erickson Amaral, “Na verdade o que aconteceu não foi o fechamento da APAMI e sim o remanejamento dos médicos pediatras do Estado cedidos a entidade filantrópica por uma decisão técnica e sanitária, segundo alega o Secretário de Saúde do Estado, pois a APAMI não estava dando os resultados satisfatórios quanto aos partos, pois a quantidade de parturientes enviados a Natal eram muitos. Não existe fechamento de APAMI, pois segundo o Secretário o setor que funcionava na entidade filantrópica serão realizados no Hospital Regional Monsenhor Antônio Barros. O conselho não tem lado nesta história, sendo apenas mais fiscalizador para que a Saúde em nossa cidade funcione como deve.”

Entretanto, é importante ressaltar que a referida instittuição, mensalmente, efetua, em média, 100 partos, o que desafoga as maternidades do estado. Para que esse número aumente, seria necessário um investimento maior e mais empenho por parte das instituições mantenedoras e/ou da senhora governadora Rosalba Ciarlini. Mesmo que esse serviço seja bem oferecido, no Hospital Monsenhor Antônio Barros, como ficará a situação dos mais de 30 funcionários que há tanto tempo doam seu sangue em prol da saúde mipibuense? E a história de sete décadas não tem peso na memória da cidade?

Tenho receio de que essa transferência comprometa o bom atendimento que sempre foi ofertado pelos profissionais da APAMI. Infelizmente, a atual governadora é médica pediatra, mas trata a saúde do estado como um lixo e sem nenhum respeito à vida do cidadão, que tem, segundo a constituição, direito assegurado à saúde.

Espero que nossos representantes e a população não se limitem a discursos e o faz de conta que estão mobilizados e unidos, pois de blá blá blá e aparões na mídia, o mundo está cheio, mas de arregaçar as mangas e de boas ações...

Matéria e foto: Alexandre Freire