sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

BLÁ BLÁ BLÁ NÃO RESOLVE INSEGURANÇA DE MIPIBU

Atualmente, São José de Mipibu é uma das cidades mais violentas do RN. Lugar "pacato", de gente honesta e trabalhadora, a terra do vice-governador do RN, Fábio Dantas, chegou ao limite do descaso, da falta de segurança e, principalmente, de ações, por parte de quem deveria zelar pela qualidade de vida da população. Diariamente, bandidos pintam, bordam, costuram e humilham moradores, comerciantes e quem encontram pela frente, além da ocorrência de homicídios constantes.

Esta semana, nas redes sociais, foi divulgado um vídeo no qual dois assaltantes (ousados, de caras limpas e armados) chegam a um depósito de bebidas, rendem um funcionário, humilha-o e leva dinheiro e mercadorias do estabelecimento. O pior que esta cena se deu no coração da cidade.

Hoje, o vice-governador Fábio Dantas, a deputada estadual Cristiane Dantas, prefeito Arlindo Dantas, vereadores mipibuenses e empresários se reuniram com o Comando Geral da Polícia Militar. Em pauta, discussão de ações para conter a onda de violência nos quatro cantos do município. Porém, esta cena já vi por várias vezes. Abaixo, exemplificando, imagem datada do dia 07 de maio de 2013, ocasião em que quase toda a cúpula da PM do nosso estado esteve na residência do prefeito Arlindo para tratar do mesmo assunto. Quase quatro anos após, a insegurança cresce e a atual gestão fica de mãos atadas, sem resposta e sem respeito ao povo.
Por que o PROERD - Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência não foi reativado aqui? Por que, em cidades vizinhas, a Guarda Municipal foi implantada e, só, em São José, ainda é um sonho? Diante desses e de muitos outros questionamentos, o comandante da Polícia Militar, o Cel. Azevedo, prometeu ações.
Esperamos que os nossos representantes políticos não culpem a rebelião e as fugas no presídio estadual de Alcaçuz, como causas do caos, atualmente, vivido na pele por cada cidadão mipibuense. O problema é antigo e nunca teve um olhar e resolutividade.

O que entristece a população da Terra dos Engenhos é saber que temos forças políticas da casa, filhos da Terra, mas a cidade insiste no atraso administrativo e na falta de ações simples, comuns, mas fundamentais.

Quero acreditar em uma reação, seguida de ação, por parte de todos que participaram desta reunião e, principalmente, do povo, em protesto, nas ruas, em audiências públicas na câmara de vereadores, além de cobrança efetiva aos políticos que deveriam nos representar. Caso contrário, se continuar com o mesmo blá blá blá de sempre São José de Mipibu, berço do segundo homem político mais forte do estado, o senhor Fábio Dantas, continuará um lugar atrasado e um dos mais violentos do país.

Matéria: Alexandre Freire
fotos: Alexandre/blog de Daltro Emerenciano

0 comentários:

Postar um comentário

poste seu comentário