domingo, 28 de agosto de 2016

CASA VOTA, SIM! - TEM "DOTÔR(A)" PRECISANDO ESTUDAR FIGURA DE LINGUAGEM

Após veicular matéria neste blog cujo título foi: "Em mais de cem casas visitadas, apenas, duas votam no atual prefeito", algumas pessoas de raciocínio lento e leigas na linguagem começaram a criticar com os seguintes questionamentos: "Casa, vota?"... "Casa é eleitor(a)?".

Inicialmente, meus agradecimentos a essas pessoas que são fãs e leitoras assíduas da minha página. Em relação ao título citado, mencionei uma figura de linguagem denominada METONÍMIA, a qual consiste em empregar um terno no lugar de outro, havendo entre ambos estreita afinidade e relação de sentido.

Sem dúvida, entendo que quem vota são os moradores das casas, obviamente. Porém, quando utilizo "... apenas, duas casas votam", recorro à metonímia, empregando o imóvel pela pessoa.

Ora de estudar muito e entrar num bom curso de português, viu amigo(a)!!!

Matéria: Alexandre Freire

0 comentários:

Postar um comentário

poste seu comentário